Prefeito em São Paulo 2012

Do início da década de 90 do século passado à segunda década deste, aconteceram mudanças que tiveram certo impacto na distribuição dos votos na cidade de São Paulo. Mudanças no perfil do PT, em especial na sua política de alianças, e mudanças na estrutura imobiliária da cidade de São Paulo com as incorporadoras valorizando bairros antes considerados periféricos, expandindo os bairros de classe média para além da região mais centro-sul da cidade.

Proporção dos votos obtidos pelo candidato do total de votantes do bairro. As legendas são diferentes para destacar a variação entre bairros de cada candidato. Dados estimados por interpolação a partir dos originais do TSE

Proporção dos votos obtidos pelo candidato do total de votantes do bairro. As legendas são diferentes para destacar a variação entre bairros de cada candidato. Dados estimados por interpolação a partir dos originais do TSE

Embora essas mudanças tenham afetado o quadro que descrevemos sobre o padrão espacial da distribuição dos votos na década de 1990, seu efeito foi mais modesto do que poderíamos supor com a cidade mantendo uma clivagem centro x periferia.

A aliança com Maluf não trouxe votos diretamente ao PT, as regiões onde se concentravam os eleitores dele ou foram para Serra ou para Celso Russomano.

Porcentagem de eleitores de votaram em Fernando Haddad por bairro. A legenda é a mesma do mapa principal. Dados estimados por interpolação a partir dos originais do TSE

Porcentagem de eleitores de votaram em Fernando Haddad por bairro. A legenda é a mesma do mapa principal. Dados estimados por interpolação a partir dos originais do TSE

A expansão das regiões de eleitores de classe média, em especial na zona leste, colocou as regiões de absoluto predomínio do PT ainda mais para a periferia. Se na década de 90 distritos como Vila Prudente, São Lucas e Aricanduva eram regiões de hegemonia petista, em 2012 a disputa foi mais acirrada nos bairros destes distritos.

Porcentagem de votos de Fernando Haddad na região da "cracolândia" e arredores. Valores estimados por interpolação a partir dos originais do TSE

Porcentagem de votos de Fernando Haddad na região da “cracolândia” e arredores. Valores estimados por interpolação a partir dos originais do TSE

Um detalhe interessante no mapa de Fernando Haddad é seu desempenho na região mais central da cidade. Seu desempenho no bairro de Santa Efigênia e arredores não foi excepcional, mas contrasta com outros bairros também centrais, mas um pouco mais afastados.

Apena como especulação, podemos arriscar algum efeito da política do Estado e da Prefeitura com relação à “cracolândia” e seus desdobramentos às vésperas da eleição, mas a confirmação disso exige maiores investigações.

Apesar da aliança explícita entre Maluf e o PT em 2012, quem mais ganhou eleitores do ex-governador foi seu afilhado político de longa data Celso Russomano. Ele teve boa votação na região historicamente conservadora/malufista da Vila Maria ; para além disso, seu discurso de “prestação de serviços” atraiu uma parcela importante do eleitorado das regiões mais periféricas da cidade.

Porcentagem de votos de Celso Russomano na Vila Maria e arredores. Dados estimados por interpolação a partir dos originais do TSE

Porcentagem de votos de Celso Russomano na Vila Maria e arredores. Dados estimados por interpolação a partir dos originais do TSE

O candidato José Serra manteve-se forte entre os eleitores de classe média, conseguindo avançar para além das regiões centrais somente onde esse eleitorado também avançou. O discurso de boa gestão e austeridade fiscal, usuais nas campanhas do PSDB, não foi suficiente para atrair o eleitor que demandava serviços, tendo inclusive perdido apoio no segundo turno.